Boletim de Notícias

Cadastre-se e receba informações do CRF AP no seu correio eletrônico

Tratamento da artrite exige acompanhamento multiprofissional

Postado em 14/08/2019 as 14:22:10

Artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica, autoimune, que afeta as membranas das articulações e de órgãos internos. Com o avanço da enfermidade, os pacientes sofrem com dores e dificuldades para se movimentar. Para aliviar os sintomas, muitos acabam tomando medicamentos por conta própria ? como analgésicos e antiinflamatórios.  O que pode ser prejudicial à saúde.

O farmacêutico Hágabo Mathyell Silva reforça a importância de o paciente conhecer a doença e a função dos medicamentos. Para isso, ele diz que é necessário ter o acompanhamento de profissionais da saúde e seguir o tratamento correto para reduzir o processo inflamatório e controlar a doença. "Sabemos que um paciente bem informado vai entender melhor a função de cada um dos medicamentos como, por exemplo, saber que os antiinflamatórios devem ser usados apenas nos momentos de crise para alívio dos sintomas e da inflamação e que, mesmo na ausência de alguns sintomas, o paciente  precisa utilizar aqueles  medicamentos que são modificadores do curso da doença que não são para tratamento dos sintomas mas para uso contínuo", explica.

O profissional afirma que quando o paciente consegue ter o entendimento sobre os medicamentos e a função de cada um deles é possível perceber um maior sucesso no tratamento. "Como o tratamento é complexo, por envolver a troca e tipos de medicamentos diversos, os pacientes podem desenvolver reações adversas como problemas gástricos, cardiovasculares e do fígado, osteosporose, elevação da pressão arterial e da glicose. Diante desses fatores de risco, é fundamental o acompanhamento de uma equipe com vários profissionais da saúde e o monitoramento de um farmacêutico", reforça.

Tanto o paciente como os profissionais de saúde que o cercam devem estar atentos de modo a controlar as outras comorbidades, inclusive porque algumas delas também afetam e dificultam o controle da própria artrite. Como é o caso do diabetes, que uma doença inflamatória que dificulta o tratamento da outra e pode causar danos muito graves para o paciente. "Essa é uma recomendação muito bem estabelecida da Liga Europeia contra o reumatismo ? Eular, que referência mundial na área de artrites reumatoide e de outras doenças reumáticas". 

O farmacêutico Hágabo Mathyell Silva é mestrando em Medicamentos e Assistência Farmacêutica na Universidade Federal de Minas Gerais. Lá ele trabalha no serviço de gerenciamento da terapia medicamentosa do ambulatório de Artrite reumatoide do Hospital das Clínicas.

Escute esse o outros áudios na Rádio News Farma: www.newsfarma.org.br

 

Fonte: CFF

Conselho Regional de Farmácia do Amapá
Rua Professor Tostes, 914-A, Central, CEP: 68900-022, Macapá-Amapá (acesso pela Av. Euclides da Cunha)
Fone: (96)3223-8988 E-mail: crfap@crfap.org.br
Atendimento: 08:00 hrs às 12:00 hrs e 14:00 hrs às 18:00 hrs de segunda à quinta-feira e de 08:00 hrs as 12:00 hrs - sexta-feira