asdasd

Boletim de Notícias

Cadastre-se e receba informações do CRF AP no seu correio eletrônico

CFF participa do lançamento do Vigimed (Anvisa)

Postado em 26/12/2018 as 16:36:12

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) participou, no dia 10 de dezembro, do lançamento do VigiMed, o novo sistema eletrônico de notificação de eventos adversos relacionados ao uso de medicamentos e vacinas. O evento foi realizado na sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A farmacêutica do Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (Cebrim/CFF) e membro da Câmara Técnica de Farmacovigilância da Anvisa, Pamela Alejandra Saavedra, destaca a importância do novo sistema para o registro das reações adversas aos medicamentos e às vacinas identificadas. "O farmacêutico tem papel fundamental na identificação de possíveis eventos adversos sofridos pelos pacientes em uso de medicamentos. Como profissional da saúde, o farmacêutico pode, ainda, contribuir na avaliação da relação benefício/risco dos medicamentos e consequentemente para seu uso racional e seguro", afirma.

“O farmacêutico, como profissional do medicamento, a partir do contato com o usuário e com a equipe médica, tem a competência para detectar e notificar eventos adversos resultantes do uso de medicamentos pela população. Sendo assim, a Gerência de Farmacovigilância (GFARM) considera que a soma dos esforços dos farmacêuticos e demais profissionais da saúde é essencial para o desenvolvimento da farmacovigilância e para a análise aprimorada do perfil benefício-risco dos medicamentos”, destaca a GFARM.

As notificações de eventos adversos do VigiMed no Brasil serão cadastradas automaticamente no banco de dados nacional, para então serem enviadas ao banco de dados mundial da OMS, respeitando as determinações da Lei 13.709/2018, que dispõe sobre a proteção de dados pessoais. As notificações são mantidas sob sigilo e só podem ser acessadas pela Anvisa e pelas Vigilâncias Sanitárias estaduais e municipais, além do próprio notificante.

As notificações podem ser reações adversas ou nocivas, erros na administração do medicamento, uso abusivo, ausência ou redução do efeito esperado, uso com finalidade diferente do indicado na bula (offlabel), reações causadas por medicamentos utilizados durante a gravidez e amamentação, entre outros.

O VigiMed permitirá aos farmacêuticos acompanhar cada uma de suas notificações e contribuir com as possíveis medidas sanitárias tomadas pela Anvisa relacionadas ao medicamento suspeito.

“O CFF incentiva aos farmacêuticos a conhecer e utilizar o VigiMed pois as notificações espontâneas realizadas por profissionais de saúde e pacientes constituem a principal base de dados relacionada ao uso seguro de medicamentos e vacinas”, diz Walter Jorge João, Presidente do CFF.

CLIQUE E ACESSE

 

Fonte: CFF
Autor: Comunicação

Conselho Regional de Farmácia do Amapá
R: Professor Tostes, 914A - CEP: 68901-316 - Fone: (96)3223-8988
E-mail: crfap@crfap.org.br
Atendimento: 08:00 hrs às 12:00 hrs e 14:00 hrs às 18:00 hrs de segunda à quinta-feira e de 08:00 hrs as 12:00 hrs - sexta-feira